Blogue da Krannich Solar

Blogue The Global PV Experts
A determinação do valor de fricção para instalações em telhados planos tornada fácil

A determinação do valor de fricção para instalações em telhados planos tornada fácil

Uma instalação num telhado não pode constituir um perigo e tem sempre de garantir a segurança das pessoas que lhe estão próximas. Condição essencial é uma ligação suficientemente forte entre a estrutura de base e o telhado. Numa montagem clássica num telhado de duas águas, a segurança é garantida através de uma ligação forte entre o gancho do telhado e as vigas. Já no caso de instalações em telhados planos, pelo contrário, esta ligação é exclusivamente realizada através da fricção.

A aderência depende do peso de toda a instalação (módulos + estrutura de base + lastro), e, também, da interação dos materiais existentes (cobertura do telhado + tapete de proteção de construções do sistema de montagem). Disto resulta um coeficiente de fricção, como é chamado, (símbolo na fórmula µ), que é necessário para o cálculo estatístico dos programas de conceção, como é o caso, por exemplo da K2 Systems. Assim sendo, e por motivos de segurança, é impreterivelmente necessário que as condições existentes no local sejam corretamente determinadas!

Procedimento de verificação no local

Para determinar os coeficientes de fricção é utilizado um calço de fricção de Königsberg, com o qual o valor pode ser determinado de forma rápida e simples.

fuente de imagen: K2 Systems

Este calço compreende uma balança de mola de precisão e um calço de fricção, que pode ser equipado com diversas superfícies correntes através de aberturas. O peso de ensaio é de, exatamente, 1 kg, para simplificar o cálculo do coeficiente de fricção que se segue.

Escolhidas as superfícies adequadas, o calço é puxado na balança de mola de precisão sobre a superfície a testar. Para calcular o coeficiente de fricção divide-se o valor apresentado pelo peso do calço de teste (1 kg).

Neste caso, o valor é de 300 g = 0,3 kg. O que corresponde a um coeficiente de fricção de:
μ = 0,3 kg/1 kg = 0,3

Este teste tem de ser realizado local, em diversos pontos (borda, cantos e zona central), e em condições tanto de humidade, quanto de tempo seco. Ou seja, precisamente em todas as condições que podem efetivamente ocorrer no dia-a-dia. O valor mais baixo é o valor tido em consideração para a continuação do cálculo.

A verificação correta e devida deste valor deve ser levada a cabo, por norma, em todas as circunstâncias, uma vez que uma atuação negligente pode acarretar danos e danos consequentes consideráveis, e, na pior das hipóteses, pode colocar a vida de seres humanos em perigo.

02.05.2018 09:21
por Maik Wünsche

Go back