Blogue da Krannich Solar

Blogue The Global PV Experts
A nova geração de sistemas para telhados planos

A nova geração de sistemas para telhados planos

Graças à sua superfície em geral grande, os telhados planos constituem a base perfeita para a montagem de instalações fotovoltaicas. É a própria técnica de montagem que define o ângulo de incidência ótimo e a orientação mais favorável de toda da instalação. Entretanto, e além de uma orientação de cada módulo para sul segundo um ângulo de 30 graus, a procura por sistemas bilaterais este-oeste tem sido igualmente grande. Desta forma, o telhado plano industrial pode ser utilizado de forma ótima, uma vez que não é necessário manter qualquer distância entre as filas de módulos para evitar a projeção de sombras.

Anteriormente, um critério que punha, frequentemente, um travão à montagem de uma instalação de montagem no telhado era a capacidade de carga do telhado do edifício. Este critério aplicava-se, com frequência, a telhados destinados à montagem de uma instalação solar, como, por exemplo, telhados planos de edifícios industriais: Estes telhados têm uma área grande e, na maior parte dos casos, não têm sombras projetadas por árvores ou por edifícios vizinhos.

Há já muitos anos que a K2 Systems desenvolve continuamente soluções para telhados planos com um limite de carga mais reduzido, tendo acabado de lançar no mercado a geração seguinte.

A quinta geração para telhados planos: S-Dome V e D-Dome V

O S-Dome V unilateral e o D-Dome V bilateral combinam as vantagens, a estabilidade e a simplicidade da montagem com funcionalidades novas, que satisfazem as exigências cada vez maiores dos mercados. Estes sistemas integram o know-how dos últimos anos e inúmeras otimizações e melhorias.

De uma funcionalidade central faz parte o inovador pad de apoio de deslizamento suave em EPDM, ou seja, o "Mat V". Quando comparado com os tapetes de proteção de construções comuns, o tapete novo dispõe de um coeficiente de fricção melhor e impede interações químicas com a cobertura do telhado. Tanto o material utilizado, EPDM, quanto a geometria adotada, fazem com que estas propriedades sejam uma realidade. Assim, deixa de ser necessário um segundo tapete de proteção de construções revestido de alumínio. Além disso, a constituição do sistema compensa as tolerâncias do telhado. Por outro lado, os dois sistemas para telhados planos foram extremamente otimizados no que diz respeito ao material, o que, tendo em conta o custo cada vez mais elevado do alumínio, representa uma vantagem em termos de preço.

D-Dome V & S-Dome V

  • D-Dome e o K7-Dome V com geometria alterada, para uma melhor aceitação de tolerâncias
  • Calhas de montagem curtas com suporte para o lastro integrado
  • Pad de apoio de deslizamento suave em EPDM:
    • Compensação de tolerâncias
    • Redução do lastro graças ao melhor coeficiente de fricção
  • Redução dos custos logísticos graças a um volume de transporte menor
  • Otimização aerodinâmica com base em testes em túnel de vento

 

Dados técnicos – Vantagens para o instalador

Mat V + Rail

  • O pad de apoio de deslizamento suave em EPDM está apto a compensar tolerâncias, protegendo, desta forma, a cobertura.
  • A calha de montagem é ligada, com toda a simplicidade, ao tapete Mat V por meio de deslizamento, e dispõe de um suporte integrado para o lastro.

Dome V SD e Peak com Basis

  • Geometria alterada para compensação de tolerâncias e otimizados em termos de material
  • Só uma união roscada
  • Volume e peso mais reduzidos

Grampo de módulo universal: MiniClamp MC/EC

  • Área de aperto de 30 a 50 mm
  • Compatível com os sistemas S-Rock e MiniRail

Campo de aplicação

  • Telhados planos revestidos com membrana ou a betume e sobre betão ou gravilha
  • Tipo de fixação/ligação ao telhado
  • Estável, eventualmente com lastro; sem penetração no telhado

 

Requisitos prévios

  • Dimensões admitidas para os módulos (C×L×A): 1386-2080 × 990-1002 × 30-50 mm
  • Tamanho mínimo do sistema: 2 elevações (4 módulos)
  • Características térmicas
  • Separação térmica após, no máx., 15,5 m
  • Distância mínima à borda do telhado de 600 mm
  • Ângulo de inclinação de 10°

 

Material

  • Calhas de montagem, Peak, Basis, SD e MiniClamps: alumínio EN AW-6063 T66
  • Tapete de proteção Mat V: EPDM
  • Peças pequenas: aço inoxidável (1.4301) A2-70
31.08.2018 21:09
por Anita Hartmeyer

Go back