Blogue da Krannich Solar

Blogue The Global PV Experts
Principais diferenças e vantagens técnicas relevantes entre um módulo Full-Cell e um Half-Cell

Principais diferenças e vantagens técnicas relevantes entre um módulo Full-Cell e um Half-Cell

O setor fotovoltaico está em constante evolução e inovação com o objetivo de oferecer as melhores soluções em termos de tecnologias inovadoras e eficientes. Uma das tendências que cresce cada vez mais entre os principais fabricantes é a tecnologia de módulo de célula partida ou Half-Cell.

Resumidamente, a tecnologia Half-Cell consiste em dividir as células de um painel fotovoltaico em dois.

Esquema elétrico módulo Full-Cell 60 células

Imagem 1. Esquema elétrico módulo Full-Cell 60 células

 

Imagem 2. Esquema elétrico módulo Half-Cell 120 células

 

Como é possível ver nas imagens, a célula partida reduz em metade o tamanho de cada uma destas e, portanto, reduz a intensidade circulante na mesma proporção. O resultado são dois módulos de 60 células em séries ligados em paralelo numa caixa de ligação independente para cada polo. Desta forma, atingimos a mesma tensão, intensidade e potência que esse mesmo módulo teria se fosse Full-Cell, sem que isso comprometesse o seu tamanho físico.

 

Quais são as vantagens da tecnologia Half-Cell?

Se tivéssemos de indicar qual a principal vantagem de um módulo Half-cell, sem dúvida seria o seu compromisso perante sombras parciais. Assim, se temos uma sombra parcial que afeta parte do módulo, esta perda de rendimento apenas afetará essa metade, enquanto que a outra metade continuará a produzir ao máximo que as condições de irradiação e temperatura permitam. Verifica-se o contrário num módulo Full-Cell no qual a sombra parcial que incide no painel fotovoltaico pode afetar substancialmente o rendimento, inutilizando-o totalmente no pior dos casos.

Comportamento do módulo Full-Cell vs Half-Cell em disposição vertical perante uma sombra parcial na parte inferior

Imagem 3. Comportamento do módulo Full-Cell vs Half-Cell em disposição vertical perante uma sombra parcial na parte inferior.

 

Outra das vantagens da tecnologia Half-Cell é que o fluxo de eletrões que flui pelas busbars é reduzida a metade. Desta forma, conseguimos que a presença de Hot-Spots seja menos crítica e que possa desenvolver-se mais lentamente visto a intensidade circulante ser inferior.

 

Alguma desvantagem?

Se fosse necessário identificar alguma desvantagem deste tipo de tecnologia poderíamos mencionar que, tal como duplicamos o número de células, também duplicamos o número de soldas a efetuar durante o processo de fabrico do módulo o que aumenta as probabilidades da presença de Hot-Spots. Assim, é fundamental recorrer a fabricantes de renome no setor para selecionar os nossos painéis fotovoltaicos (independentemente de a tecnologia ser Half-Cell ou Full-Cell) e garantir que são cumpridos todos os padrões de qualidade na produção.

Em suma, a tecnologia Half-Cell é uma tendência cada vez mais generalizada e que chegou para ficar devido às suas inúmeras vantagens. Este tipo de tecnologia não compromete as medidas padrão de um módulo convencional, garante-nos uma maior eficiência nas nossas instalações e é o primeiro passo quando é necessário procurar soluções para essas sombras parciais que podem afetar a nossa instalação fotovoltaica.

 

Autor: Jose Ortiz

16.04.2020 16:19
por José Ortiz

Go back